[20/06/2013]

Queda na demanda de combustíveis não derruba expectativa de crescimento para 2013

Queda na demanda de combustíveis não derruba expectativa de crescimento para 2013

A situação da economia brasileira mostra reflexos no consumo e demanda de combustíveis no país, no comparativo com o ano anterior. Esta é a conclusão do relatório apresentado pela Agência Internacional de Energia (AIE) na última semana sobre o consumo de barris de derivados de petróleo no Brasil. Ao comparar os valores de março de 2012 com o consumo em 2013, é possível detectar uma redução de 0,4% na demanda brasileira – o valor parece pequeno, no entanto, é a primeira queda em quatro anos de estudos comparativos. O Brasil deixou de consumir 12 mil barris de derivados de petróleo em relação ao volume de março de 2012.

A queda na demanda foi contra a expectativa da entidade, que estimava um aumento no consumo brasileiro na casa dos 90 mil barris/dia. Esta queda, no entanto, não derruba a previsão para 2013o, que ainda é de crescimento – a AIE estima um aumento de 3,3% no consumo de combustíveis no Brasil. As ofertas dos leilões da ANP e as descobertas do pré-sal motivam o crescimento no consumo e a ampliação de vagas neste setor. Por isso, é importante lembrar que o mercado segue aquecido e que 2012 foi um ano com bons resultados, onde o país alcançou 4,2% em crescimento na demanda.