[03/03/2017]

Pré-sal bate novo recorde de produção em janeiro

Pré-sal bate novo recorde de produção em janeiro

A produção do pré-sal brasileiro vem batendo, mês a mês, seus recordes de produção e já corresponde a quase 50% do volume de petróleo e gás natural produzido no Brasil. Em janeiro de 2017, o total alcançou marca 1,1% superior àquela de dezembro, chegando a 1,588 milhão de barris de óleo equivalente por dia. O total de petróleo produzido em terras brasileiras chegou a 2,687 milhões de barris por dia (bbl/d), mostrando um crescimento de cerca de 16% em relação ao mesmo mês de 2016. Já o gás natural alcançou marca 13,1% superior ao período equivalente no ano anterior, com 109,9 milhões de metros cúbicos por dia.

O recorde de produção vem do campo de Lula, localizado na Bacia de Santos, com total de 729,5 mil bbl/d de petróleo e 31,6 milhões de m³/d de gás natural. Essa nova marca é a maior já alcançada por um campo brasileiro e representa um recorde da própria unidade, já que o campo de Lula era o detentor da marca anteriormente registrada. Durante o primeiro mês de 2017, 26 empresas operaram as 288 concessões responsáveis pela produção nacional, sendo 81 delas marítimas e outras 207 terrestres.

Os principais campos produtores são marítimos, concentrando 94,9% do petróleo e 80,4% do gás natural – desse total, 94,2% foram produzidos em unidades com operação da Petrobras. A Bacia Potiguar concentrou o maior número de poços produtores, chegando a 1102 unidades, enquanto que a Bacia de Campos teve o maior volume de poços produtores, totalizando 63 pontos de produção. Mais informações estão disponíveis na revista TNPetróleo.