[10/03/2017]

Como se preparar financeiramente para estudar para concursos públicos?

Como se preparar financeiramente para estudar para concursos públicos?

Se tomar a decisão de sair de um emprego formal ou parar de prestar serviços para dedicar-se totalmente aos estudos for algo delicado para você, hoje o blog da Petroguia discute essa situação que é comum entre os concurseiros. Ampliar sua disponibilidade para os estudos pressupõe abrir mão de algumas coisas e, comumente, deixar de trabalhar ou encontrar maneiras alternativas ao trabalho formal são escolhas triviais no cotidiano de quem presta concursos. Claro que isso não é necessariamente um pressuposto para a aprovação, já que o que deve prevalecer é a qualidade do estudo.

No entanto, havendo maior tempo disponível e empenho em revisar com dedicação, é natural que a maior parte dos aprovados esteja entre aqueles que assumem a profissão de “concurseiro”. Para que você tome essa decisão, é fundamental ponderar algumas questões. Antes de qualquer atitude, é preciso planejamento financeiro para que sua trajetória de estudos seja tranquila e não padeça de grandes restrições orçamentárias. Lembre-se que é necessário prever, além dos gastos básicos de subsistência, investimentos em materiais de estudo, cursos, inscrições para concursos e deslocamentos para provas, por exemplo.

Mesmo que o prognóstico assuste, não esqueça: se você escolheu tentar uma vaga no serviço público, talvez sua vida financeira não estivesse tão boa assim. Tal pensamento pode ajudá-lo a encarar melhor seu novo momento financeiro e motivá-lo a cortar gastos excessivos e/ou não prioritários. Outra dica é ter humildade para aceitar ajuda de familiares e amigos, fazendo acordos e comprometendo-se a contribuir com eles após sua aprovação.

Uma ação positiva para quem se prepara para um concurso é ter foco para lembrar que não foi exatamente o momento de preparação que o levou para um contexto financeiro mais enxuto, mas sim suas condições de trabalho anteriores. A falta de perspectiva na carreira ou a baixa remuneração do mercado, por exemplo, foram os pontos de alerta para você escolher o serviço público. Estudar é, somente, a chave que levará você para novas perspectivas profissionais e financeiras. Bons estudos!